H2FOZ | Notícias | Foz do Iguaçu
  1. Home
  2. Notícias

PF e RF fazem operação em Foz contra lavagem de dinheiro

PF e RF fazem operação em Foz contra lavagem de dinheiro
(Foto: Marcos Labanca/H2FOZ)

H2FOZ - Paulo Bogler

Na manhã desta quarta-feira, 15, a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal (RF) iniciaram a operação Operação Freeway, que investiga crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. São 27 ordens judiciais, entre elas, 4 mandados de prisão preventiva.

De acordo com a investigação, uma “organização criminosa” opera atividades ilegais transnacionais, sendo sediada em Foz do Iguaçu. A execução da Freeway, um desdobramento da Operação Confraria Cataratas, de 2017, reúne 60 policiais federais e 10 servidores da RF.

Conforme a PF, foi apurado durante a Operação Confraria Cataratas que responsáveis por uma das três casas de câmbio investigadas na ocasião operavam no mercado de câmbio, e “integravam uma organização criminosa transnacional especializada na prática de diversos delitos contra o sistema financeiro.”

Entre 2011 e 2017, informou a PF, o grupo teria cambiado ilegalmente centenas de milhões de dólares. A principal parte desse recurso foi enviada para o Paraguai e outro montante repassado a empresas com sede em Foz do Iguaçu “controladas” pelos investigados.   

Além de mandados de busca e apreensão, foi determinado pela Justiça o sequestro dos bens imóveis e de valores pertencentes aos investigados. Esse patrimônio confiscado deve ultrapassar a quantia de R$ 40 milhões.

Os investigados deverão responder pelos crimes de organização criminosa transnacional, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, gestão fraudulenta e contabilidade paralela, conforme a Polícia Federal

Freeway

A operação conjunta das forças de segurança foi batizada de “freeway” em alusão ao sistema informatizado, que possuía essa denominação, usado com pelos investigados no controle paralelo das suas operações.

(Com informações da Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu)